TOPO ALERJ

CPI entrega relatório final ao TCU e à Procuradoria da República no DF

Sessão para leitura do relatório da CPI da Pandemia. - Marcelo Camargo/Agência BrasilCríticasOntem (27) o documento foi entregue ao procurador-geral da...

Por Vinicius em 28/10/2021 às 15:23:26

Sess√£o para leitura do relatório da CPI da Pandemia. - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Críticas

Ontem (27) o documento foi entregue ao procurador-geral da República, Augusto Aras, ao ministro Alexandre Moraes, relator do inquérito das fakes news no Supremo, e ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). J√° o presidente da C√Ęmara, Arthur Lira (PP-AL), que ainda n√£o recebeu oficialmente dos senadores o parecer, classificou ontem mesmo como “inaceit√°vel” o fato de o documento pedir o indiciamento de seis deputados federais - Ricardo Barros (PP-PR), Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Bia Kicis (PSL-DF), Carla Zambelli (PSL-SP), Osmar Terra (MDB-RS) e Carlos Jordy (PSL-RJ) - em um total de 80 alvos.

Hoje o relator da CPI, senador Renan Calheiros, rebateu as críticas e destacou que o papel de um dos chefes do Legislativo é defender a Casa, mas n√£o a impunidade. “N√£o h√° como você aprofundar uma investiga√ß√£o, detectar digitais de parlamentares e silenciar diante disso. O papel das CPIs é exatamente o contr√°rio”, justificou.

Para Renan, Lira deveria se preocupar mais com o que pode surgir da investiga√ß√£o sobre as emendas de relator, chamado de "or√ßamento paralelo", e que serve para ampliar a fatia de gastos sob controle de indica√ß√Ķes de deputados e senadores aliados no Parlamento. “Ele [o presidente da C√Ęmara] tem muita preocupa√ß√£o com o que pode vir de investiga√ß√£o, sobretudo em rela√ß√£o ao RP-9, que s√£o emendas secretas que ele coordena e isso vai causar, talvez, o maior esc√Ęndalo do Brasil”, disse Calheiros.

Fonte: Agência Brasil

Comunicar erro
Anuncie aqui

Coment√°rios